Dicas de plantas que trazem bem-estar e energia para o dia a dia

0
1077
Equilibrar emoções, pensamentos e sentimentos é o principal objetivo da fitoenergética, sistema de cura natural criado há 14 anos pelo terapeuta holístico e escritor paulista Bruno Gimenes. Segundo ele, resumidamente, o método consiste em conectar o campo energético das plantas ao humano a fim de atuar em problemas sutis, como o medo, a raiva e a tristeza.
“Diferentemente da fitoterapia, que utiliza o princípio ativo de alguns vegetais para curar doenças físicas, a fitoenergética, por meio de chás ou do simples contato com as plantas, cuida do estado emocional”, afirma.
De acordo com Gimenes, quando estamos tristes, chateados ou cansados, nossas energias ficam debilitadas. “Se você tomar um remédio, ele não vai atuar no campo de energia, mas, sim, no físico. No entanto, quando você sabe usar as ervas corretas, automaticamente você pega a energia das plantas para suprir a sua falta energética”, conclui.

“Você pode tomar um chá [uma pitada de cada erva é o bastante para o preparo da bebida], carregar um sachê no bolso ou ter vasinhos dessas plantas no ambiente de trabalho”

Plantas que fazem bem, segundo a fitoenergética

Alecrim

Permite acessar os registros da alma. Além disso, o alecrim libera traumas, medos e outros aspectos negativos adormecidos. Segundo a fitoenergética, é a partir dessa liberação que a erva gera vontade de mudar e de conhecer o novo. A planta também incentiva a pessoa a ter sabedoria para viver e amar.

Alfazema

É uma planta energizante, “que ajuda as pessoas a darem conta de tudo”, afirma Gimenes. “Na minha casa tem um jardim entupido de alfazemas. Assim, nos dias em que sei serão muito atribulados, logo pela manhã fico algum tempo perto dos pés dessa erva”, conta.

Capim-cidreira

A planta, recomendada para acabar com pesadelos e desordens do sono, é muito usada em chás. Também tem a função de eliminar a ansiedade, o nervosismo e a irritação mental.

Cravo-da-Índia

Segundo a fitoenergética, esta especiaria é capaz de estimular a concentração e aumentar a capacidade de reunir energia para materializar sonhos. “Ela abre a mente para enxergar o todo, estabilizando-o e estimulando a busca interna de respostas para dúvidas”, explica Gimenes. Ainda de acordo com o especialista, o cravo gera clareza nos pensamentos e aguça o senso de observação.

Coentro

Este tempero –muito fácil de encontrar e bastante usado na cozinha– acalma o ímpeto, a agitação, ajuda a equilibrar as emoções. “Ele é indicado principalmente a quem tem o famoso pavio curto, aquela pessoa meio ‘panela de pressão’, que estoura por qualquer motivo”, diz Gimenes.

Dente-de-leão

Esta planta, cujas sementes, branquinhas e leves, costumam se desfazer após um pequeno sopro, é conhecida popularmente por diferentes nomes, como esperança, amargosa e alface-de-cão. De acordo com Gimenes, “ela ajuda a elevar a autoestima, gerando mais humildade e gratidão”.

Funcho

Traz força para a materialização dos sonhos e para aflorar talentos e virtudes. Ajuda a gerar uma transformação interna e a cortar laços com o passado.

Hortelã

Superfácil de achar, ela estimula a sinceridade entre as pessoas e auxilia na diminuição do estresse do dia a dia. Além disso, de acordo com Gimenes, a planta ajuda a mudar o foco em pensamentos negativos.

Poejo

Ajuda a ter persistência, a acabar com a procrastinação. “Sabe aquela pessoa que costuma desistir das atividades ou dos sonhos na metade do caminho? Então, o poejo é ideal para elas”